O Fotógrafo

Sobre

Olá, eu sou,

Alex Stoppa

Minha história com a fotografia caminha lado a lado com minha história com minha mãe! Quando eu tinha apenas 8 anos ela descobriu seu primeiro tumor (já se foram 4, desde então ela sempre forte). E, naquela época, os tratamentos exigiam que ela ficasse internada longos períodos sem que eu pudesse vê-la. E, além de ter que, tão novo, lidar com essa ausência, boa parte das pessoas próximas a mim (com exceção do meu pai), me preparava para o pior. Felizmente elas estavam erradas e meu pai certo. Mas, quando se tem 8 anos, o sentimento que se tem é um medo quase paralisante. E foi aí que a fotografia ganhou um significado profundo na minha vida.

Era através dos retratos que minha mãe se fazia presente. E eu me apegava àquelas fotos, como se fossem ela. Porque elas me lembravam do seu sorriso, da sua força e de tudo que minha mãe representava para mim. As fotografias me ajudavam a esquecer tudo de ruim que me falavam e traziam minha mãe para perto de mim.

Quatro anos mais tarde, aos 12, ganhei minha primeira câmera – um presente do meu padrinho – e comecei a mergulhar ainda mais no universo da fotografia. Desde então não parei de estudar e fotografar. Mas ainda demorou algum tempo para me tornar um fotógrafo full time. Nesse meio tempo, fiz duas graduações (sou físico e trabalhei como analista de sistemas), trabalhei em outras áreas, mas eu ainda sentia que faltava alguma coisa. Eu não estava totalmente feliz e sabia que à fotografia não cabia aquele segundo lugar na minha vida. Foi quando larguei tudo para ser Fotógrafo.


Olá, podemos conversar?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o nosso trabalho, é hora de agir!