Um acidente que quase pôs o casamento a perder! Fotografia de Casamento

 alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0024

Fotografia de Casamento

Casamento agendado, tudo acertado, fornecedores contratados, casal super apaixonado, os mínimos detalhes organizados. Pronto. Chegou o dia e agora era o momento de viver as emoções e expectativas que o dia do casamento reserva aos noivos, pais, famílias, amigos e aos próprios profissionais que estão ali para que tudo aconteça.

 #Soqnão! Um acidente na estrada transformou qualquer ansiedade, por menor que fosse, em desespero total. Felizmente, não havia nenhum parente ou conhecido dos noivos envolvido. Só que uma carreta tombou na estrada e fechou qualquer acesso à cidade.

A Nat e o Fred se casaram no Serro em MG e a estrada que dá acesso à cidade é de pista única e é a única que poderíamos usar vindo de Diamantina. A questão é que estávamos a uns 20km de distância, quase chegando, mas ficamos parados antes do acidente e sem ter como passar. Mesmo tendo saído com muita antecedência de Diamantina, no processo de retirada da carreta do local, fecharam as duas pistas e ninguém conseguia sair ou chegar (até as 21 horas).

 Fazer o que nessa situação? Bom, os noivos não têm culpa do ocorrido e me contrataram para estar com minha equipe fotografando do making of ao fim da festa. Então, o que fiz foi literalmente abandonar o carro em um canto qualquer na estrada, colocar as mochilas na costas (uns 15kg de equipamento), mais tripés, mais os banners de fotos dos noivos e pé na estrada. E lá fui eu com minha equipe andar mais de 10 quilômetros com um sol de rachar na cabeça, de roupa preta e sapato social. Sim, 10 quilômetros que pareciam intermináveis.

 Depois de dez quilômetros, conseguimos uma carona para terminar de chegar na cidade. Aí parte da equipe foi fazer o making of do noivo e eu e minha assistente fomos para o making of da noiva. Cheguei todo suado, morrendo de cansaço, mas na hora combinada, estava lá. E, certamente, a noiva ficou um pouco mais aliviada.

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0005

Só que os problemas não estavam resolvidos. Afinal de contas, nem todos os fornecedores tinham condições de fazer o que eu fiz. Não dá para carregar coisas de decoração, do buffet ou da banda nas costas como eu e minha equipe fizemos. E, praticamente todos eles, estavam antes do acidente. Então, para que ter tanto esforço para chegar no horário marcado se boa parte das equipes poderia não chegar ou levar muito tempo?

Primeiro, porque eu tinha um compromisso com os noivos e eu tinha como prestar meu serviço, apesar do acidente. Segundo, porque a cerimônia religiosa poderia acontecer independente da festa. E, terceiro, e para mim o mais importante: para os noivos, especialmente a Nat, ter a presença dos fotógrafos, era sinal de que todas as equipes e convidados estavam se empenhando ao máximo para que o casamento acontecesse. Além disso, ainda me ocupei de tentar distraí-la um pouco de toda aquela confusão.

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0009

E a partir daí o que aconteceu? Depois de algumas horas a estrada foi finalmente liberada e o pessoal pôde passar. Obviamente que o casamento atrasou muito. Mas o mais legal é que todo mundo se empenhou ao extremo, um foi ajudando o outro, o padre foi super compreensivo e o casamento e a festa aconteceram! E foi simplesmente incrível quando a Nat entrou na igreja. Todo mundo muito, muito, muito feliz, aliviado e com a certeza de que “era pra ser”!!!

Confira agora algumas fotos desse dia improvável e especialíssimo:

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0014

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0015

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0027

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0034

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0038

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0047

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0044

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0050

alex_stoppa_casamento_natalia_e_fred0053

Equipe de caminhada

Alex Stoppa e Antonio Russilo

Tainara Valverde e Erica Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *